domingo, 19 de fevereiro de 2012

A declaração "bombástica" de Rubinho Barrichello


Esse Rubinho... Parece que não percebe  o quanto é patético, muitas vezes... Declara que dinheiro domina a F1. 

Rubinho, eu já sabia, o porteiro do prédio também já sabia, e você...  mais do que todos nós! 

Ora! Só porque ficou de fora do circo, por pura incompetência e falta de grana, anda a revelar o que lhe é cômodo. Fale sobre os rios de dinheiro que ganhou à custa de nossa audiência. Ora!

______________________________

"Dinheiro domina a F-1", desabafa Barrichello

Da Redação
@naoperdemais

Rubens Barrichello está próximo de fechar um acordo na Fórmula Indy. O ex-piloto da equipe Williams de Fórmula 1 testa na próxima semana, no circuito de Sonoma (Califórnia), com a equipe KV Racing -- onde negocia uma vaga desde o final de janeiro. Rubens já declarou que anunciará sua decisão logo no começo de março, o campeonato da categoria americana terá sua 1ª prova no dia 25/3 em St. Petersburgh - Flórida.

Nesta sexta-feira, Barrichello comentou via Twitter a notícia da substituição do italiano Jarno Trulli pelo russo Vitaly Petrov na equipe Caterham de Fórmula 1. Trulli foi dispensado pela escuderia mesmo tendo ainda um ano de contrato a cumprir. "Fiquei chateado com a notícia de Trulli sair da F-1", escreveu Rubens no mini-blog. "O dinheiro está mesmo dominando as coisas por lá", complementou.

Barrichello, após 19 anos consecutivos na F-1, dois destes cumpridos na Williams, perdeu a vaga de titular no time para o compatriota Bruno Senna. De acordo com informações que circulam pela imprensa internacional, Senna e o venezuelano Pastor Maldonado (outro titular da Williams em 2012) desembarcam na escuderia britânica com mais de 100 milhões de reais de investimentos de patrocínio.

"Nem foi uma alfinetada não. Foi um desabafo mesmo", seguiu Rubens sobre a mensagem que publicou no Twitter.

"Mas falando de coisa boa, estou feliz de testar novamente com a KV Racing. Se for rolar a Indy para mim é bom estar bem treinado", encerrou o piloto brasileiro.

4 comentários:

Carlos Cwb disse...

Cumpadi,
não era "politicamente conveniente" que um quarto piloto brasileiro fosse campeão de F-1.
Precisavam que o titulo voltasse para a Europa.
O Rubinho é competente, sim. Caso contrario, não ficaria 19 anos na categoria, quando outros não conseguem ficar duas temporadas seguidas.
E nem seria convidado pra correr na Indy, porque lá ninguém é bobinho...

Diógenes Afonso disse...

Cumpadi,

Avalio a situação por outro prisma. A "conveniência política" de mais um piloto brasileiro não ser campeão, jamais encontraria guarida se o cara fosse competente. Sendo competente, não tinha pra ninguém. Agora, se o cara é competente e se rende às conveniências políticas da fórmula 1...

Duvido que Senna comesse uma pala dessa.

Rubinho é mercenário, cumpadi! Ele corre, mesmo que o carro não preste. Ele quer é dinheiro para abastecer o jatinho dele.

Carlos Cwb disse...

Tréplica, cumpadi:

Ele corre mesmo que o carro seja ruim e a equipe trabalhe pro outro piloto, porque GOSTA de correr.
E a grana é consequencia.
Não esqueça que ele foi campeão DE TODAS AS CATEGORIAS em que participou, até chegar à F-1.

Diógenes Afonso disse...

Derêto de resposta, cumpadi... rsrsrs

Quando o carro é ruim e o piloto é desprestigiado na equipe em que atua, certamente, ele está devendo competência... É o caso de Rubinho e, agora, de Massa [embora considere Massa mas arrojado e técnico do que Rubinho].

Volto a dizer: com Senna ninguém ousaria fazer o que fazem com os atuais pilotos brasileiros.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...