quinta-feira, 2 de maio de 2013

Lobão e Pastor Marco Feliciano: Casos de Psiquiatria


Os mestrandos e doutorandos de Psiquiatria têm dois bons casos para suas teses. O  tal pastor deputado Feliciano e o pseudocantor e compositor Lobão, que pensa que é a última pelanca do cirurgião plástico. Com toda certeza, são dementes, psicóticos e sociopatas perigosos. Um bom psiquiatra poderia fazer o correto diagnóstico e, o mais importante, indicar o tratamento. O tal  pastor Feliciano vai propor a “cura gay”. Ele quer derrubar a determinação do Conselho Federal de Psicologia (CFP) contra tratamentos pela cura da homossexualidade. O pseudocantor Lobão escreveu um livro em que chama a presidenta Dilma de “torturadora”, em capítulo cujo título é "Vamos Assassinar a Presidenta da República?". São ou não duas pessoas com sérios transtornos mentais?  Além de dementes, são ignorantes, escória. Esse tal pastor Feliciano nunca ouviu falar em orientação sexual? Não entra na cabeça dele que cada ser humano tem o direito de escolher ser ou não  homossexual?  Esse deputado Feliciano é louco, jamais deveria estar no Congresso e muito menos ser presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDH) da Câmara dos Deputados, isso é uma vergonha para o Congresso e para o Brasil. Quanto ao Lobão, é possível que o exagero de drogas tenha detonado os  poucos neurônios do imbecil.

Jussara Seixas [Editora do Terra Brasilis - São Paulo]




4 comentários:

Rafael Bela disse...

Bom , embora provavelmente não lhe interesse saber disso , não é uma proposta que defenda a cura gay meu cara , na verdade o contrario é para derrubar uma resolução que impede que um homossexual possa buscar ajuda piscicológica caso queira não mais ser homonexual , embora despreze também o pastor marcos Feliciano acho injusta toda essa canalhice intelectual que omite fatos pra provar algo que pode até ser verdade , mas que não está explicito e nem implícito ...

Diógenes Afonso disse...

Caro Rafael,

Você me parece muito "nervosinho" para quem pretende esclarecer equívocos no artigo postado. E, ao contrario, nenhum editor do Terra Brasilis "despreza" ninguém, apenas não compactuamos com certos pensamentos, inclusive, os de cunho racistas, homofóbicos e tais e quais.

De qualquer forma, grato pelo empenho em tentar esclarecer conteúdos do artigo.

Grande abraço!

Anônimo disse...

"(...) na verdade o contrario é para derrubar uma resolução que impede que um homossexual possa buscar ajuda piscicológica caso queira não mais ser homonexual"
Isso é mentira.
Esse tipo de ajuda não é vedada nem nunca será. Se a pessoa está em conflito em relação a sua sexualidade, é óbvio que um profissional habilitado pode ajudá-lo.
Agora o que o Infeliciano e sua turma querem é poder fazer propaganda de tratamentos pseudopsicológicos específicos com o propósito de "curar a homossexualidade". Com certeza os Infelicianos querem poder propagandas, berrar nos cultos para as ovelhas a existência desses "tratamentos" e, com isso, arrecadar mais e mais fiéi$$$$$.

Homoafetividade NÃO é doença.


Anônimo disse...

O texto da senhora em questão afirma o que os ativistas gays não admitem: que a homossexualidade é opção, escolha e não que se nasce gay. Parabens, belo tiro no pé!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...