segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

A Globo vai recriminar José Wilker por querer pautar as rádios brasileiras?


Roque Santeiro, mais conhecido como José Wilker, simplório crítico de cinema das cerimônias do Oscar na TV Globo (que só começou a transmissão após o educativo BBB), ontem atacou de jabazeiro (ou lobista) das rádios brasileiras. Fez biquinho porque a música do filme "Rio", de Carlinhos Brown, não recebeu a premiação de melhor canção original, e propôs que hoje, segunda 27, as rádios brasileiras toquem a música só pra pirraçar a escolha da Academia estadunidense... Pirraçar quem, cara pálida?  

Perguntar não ofende: quando a ministra propôs que nos intervalos da novela da Globo tivesse uma propaganda do disque-denúncia sobre violência contra a mulher, a Globo teve a cara de pau de dizer que UM COMERCIAL NO INTERVALO estaria pautando a novela em que uma mulher era agredida todo dia... Quando "crítico" de cinema quer fazer "pirraça" contra os gringos pautando rádios brasileiras (decerto tem gigantesco alcance mundial, né?), o que é?  

PS 1: nem a Wikipédia tem coragem de citar José Wilker como "crítico" em sua ementa...  

PS 2: Quanto José Wilker recebeu de jabá pra falar isso?

2 comentários:

Carlos Cwb disse...

Não sei porque a Globo ( e demais midias) dão mportancia ao tal de "Oscar", um premio americano para amerricans.Tremendo colonialismo sem-vergonha.
Enquanto isso, premios criados aqui no Brasil ficam em segundo plano.

Diógenes Afonso disse...

Você pergunta, cumpadi, e responde: a Globo dá cartaz ao OSCAR por ser subserviente à cultura estadunidense, mas há algo além disso: cacau, dinheiro...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...